quarta-feira, 31 de agosto de 2016

August | Tenho passe e cortei o cabelo

*da minha autoria*

Nem acredito que daqui a umas horas, o último mês de férias (inteiro), acaba. Mas em vez de lamentar-me, vou partilhar convosco o meu mês de agosto. 

Para ser sincera, não tenho um monte de coisas que tenham marcado o meu mês. Acho que só fui umas DUAS vezes à praia, no entanto, saí uma vez com uma amiga, e saí algumas vezes com a minha tia
O que realmente fez o meu mês foi: 

-Fiz caminhadas com a minha tia: uma coisa que tinha em mente realizar este mês, era andar o máximo de vezes com a minha tia e apesar de não ter começado desde o início, ainda fizemos bastantes caminhadas. Fiquei muito orgulhosa de mim mesma e da minha tia;

-fiz o passe: agora em setembro, vou para o décimo ano e isso implica mudar de escola e passar a andar de autocarro. Não é que me deixe muito feliz, porque andar de autocarro não é uma coisa que me agrade muito, mas acho que ter o passe, é um passo de responsabilidade e significa que estou a crescer; 

-andei viciada numa coisa: 


nos últimos tempos, andei a ouvir está música sempre que podia. Além da música ser bastante gira, também adorei o videoclip;


-li o FanGirl da Rainbow Rowell e vi o Me Before You: a minha opinião do livro está no meu antigo blogue - FanGirl, Rainbow Rowell. Foi algo que marcou o meu mês porque a algum tempo que não lia um livro que gostasse tanto e gostei porque é muito parecido ao meu livro preferido. Em relação ao filme, a minha opinião está aqui

-criei este blogue;

Por fim, para acabar o mês em grande, hoje, cortei o cabelo:  

*da minha autoria* 

Um ótimo mês de setembro para todos nós!

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Me Before You | filme




Sinopse (retirada do Wikipédia): 

"Rico e bem sucedido, Will (Sam Claflin) leva uma vida repleta de conquistas, viagens e esportes radicais até ser atingido por uma moto, ao atravessar a rua em um dia chuvoso. O acidente o torna tetraplégico, obrigando-o a permanecer em uma cadeira de rodas. A situação o torna depressivo e extremamente cínico, para a preocupação de seus pais (Janet McTeer e Charles Dance). É neste contexto que Louisa Clark (Emilia Clarke) é contratada para cuidar de Will. De origem modesta, com dificuldades financeiras e sem grandes aspirações na vida, ela faz o possível para melhorar o estado de espírito de Will e, aos poucos, acaba se envolvendo com ele." 


Trailer: 



Minha opinião: 

Parte o coração até ao ser mais frio do mundo.

Após ver algumas bloggers a falar deste filme, hoje, finalmente o vi e acho que agora já consigo dizer qual é o meu filme preferido. Não sei se foi as personagens, se foi por nunca mais ter visto um filme tão calmo e sereno (se é que me entendem) como este, mas eu adorei. Nunca penso muito como é que o filme vai acabar, mas juro que nunca pensei que fosse assim. 
Escusado será dizer que aqui a lamechas chorou baba e ranho (exagerando!) ahaha 



Se tiverem tempo e se não tiverem arranjem à força toda, porque este filme, além de mostrar que hoje estamos de uma forma e amanhã poderemos estar de outra, também mostra que podemos fazer tudo o que quisermos e que a melhor forma de viver a vida, é vivendo-a intensamente. 

Minha citação preferida: 

"Você é a única coisa que faz eu querer levantar de manhã" - Will 


sábado, 27 de agosto de 2016

Back to School: formas e troques de estudar

1) Uma boa estratégia para conseguirmos decorar o significado de certas palavras é escrever a palavra num dos lados e noutro, o significado da mesma. 



      



2) Uma muito usada, é fazer resumos e fazê-los equivale a ler o que escrevemos sete vezes. 





3) O primeiro "troque" é meterem um alarme no calendário do telemóvel semanas antes do teste para começarem a estudar, porque muita gente esquece de o fazer e só se lembra que tem teste um dia antes do mesmo (e ao dizer testes, também digo trabalhos para entregar e assim). 




4) Mas para quem nunca se esquece de ir à sua agenda, pode usa-la. 





sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Novo começo





Olá, sou a Mariana e venho do blogue A Desorientada
O nome chama-se (Re)começar porque é isso mesmo que estou aqui a fazer: a recomeçar do zero e a começar um novo blogue; um novo projeto.
Sabem quando sentem que já não pertencem mais ao sítio onde "vivem"? Pois, é exatamente como estou a me sentir right now. Às vezes temos de voar do ninho onde crescemos e aprendemos tudo o que sabemos e recomeçar noutro sítio, com outras pessoas e abrir os braços a novos projetos. Espero que fiquem por cá para me acompanhar neste novo recomeço.