quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Top 5 - Músicas favoritas

Hoje, decidi trazer-vos mais um post de top five. Venho partilhar convosco as minhas cinco músicas (sem ordem específica) favoritas (podem não ser de agora).


Alan Walker - Faded





Eu fiquei rendida mal ouvi a música e não foi só eu, o meu pai também. 


Shawn Mendes - Stitches



Descobri está música no verão passado um mês e meio, talvez, depois de ter saído e desde aí que é uma das minhas músicas favoritas, não haja dúvida. 


Gnash - I hate you, I love you 




No início do ano, uma amiga minha deu-me a conhecer está música e houve uma altura em que eu só ouvia isto. É que a letra é mesmo qualquer coisa.


The Chainsmokers - Closer



Obviamente que está música não podia ficar de fora.

E para completar a minha lista, temos a..

Mike Posner - I took a pill in Ibiza





Está é que tinha de cá estar obrigatoriamente (risos). 


Alguma destas encontra-se no vosso top five de músicas? 

sábado, 24 de setembro de 2016

As coisas mudaram - Secundário

 Ir para o Secundário foi uma mudança que implicou outras e que influenciou as restantes. 



 Para começar, passei a ir de autocarro para a escola. A escola onde andei desde a pré até ao primeiro ciclo ficava a uns dois minutos da minha casa e a do segundo até ao terceiro ciclo ficava entre cinco a dez minutos e agora que a minha escola fica muito fora de zona tenho de ir de autocarro. 
Nunca gostei de ir de autocarro, então agora que às vezes tenho de ir em pé passei a detestar. Além disso, chegar a casa uma hora depois de sair da escola tira imenso tempo. 
Mais, andar de autocarro implica sair de casa uns minutos antes, então como podem estar a calcular, quando entro às oito tenho de acordar às seis da manhã e quando entro às 13:15 horas tenho de "almoçar" às onze horas e tal da manhã.
 Em segundo, as roupas que uso. Nada assim radical. O facto de agora passar imenso tempo no Funchal com um monte de adolescentes à minha volta, mais velhos e assim faz-me sentir que as t-shirts que uso são assim um pouco infantis. Acho que é o facto de terem frases e até pode ser estúpido, eu sei, mas lá na escola eu não vejo mais ninguém com roupas assim.
Para vós ser sincera, à dias levei uma e senti-me mal, não me estava a sentir bem e prefiro mudar e me sentir. 
 Em terceiro, uma mudança nas aulas é que é preciso escrever muito rápido e esquecer os marcadores, as canetas coloridas e por aí fora, se não, não conseguem escrever tudo e depois têm de pedir o caderno a um colega e isso é muito chato.
 Em último, é o tempo disponível
Só tive uma semana de aulas e já estudei. É matemática, física e química e biologia... em fim. Só passou uma semana e hoje já tive que acordar cedo e estudar. 
 Mas vá, apesar de ter que acordar cedo, ir em pé no autocarro, ter torcido o pé, o pulso doer-me nas aulas, ter chegado atrasada logo à primeira aula, ter uma professora de biologia que é mais bipolar que um adolescente com as hormonas aos saltos e ter esperado meia hora por um autocarro, estou a gostar imenso desta experiência e inclusivo da minha turma. 

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Como ter uma manhã melhor

Olá!! 
O verdadeiro título deste post era "Como conseguir levantar-se da cama e não ter sono", mas achei demasiado longo e então achei que o atual era mais ou menos um sinónimo. 
Falando agora do post... Eu sou o tipo de pessoa que adora acordar cedo, apesar de às vezes ser um pouco complicado sair da cama. Mas sei que muitas de vocês são como a minha tia e o que eu quero dizer com isso é que para se levantarem da cama é um custo. Então, hoje, o post é dedicado a vocês. 




1) Mete o despertador longe! 
Este é o meu primeiro concelho e aposto que já o devem ter ouvido. Se meterem o despertador longe da cama (mas não tão longe, porque precisam de ouvi-lo a tocar) serão obrigadas a levantarem-se para o irem desligar. E se o meterem mesmo ao lado da vossa cama, a tendência é desligar e virarem-se para o lado e pensarem "Só mais cinco minutos e já me levanto", mas passa muito mais de cinco minutos e ainda estão a dormir.

2) Lava a cara!
Depois de se levantarem, devem ir direitos à casa de banho e lavar a cara com água fria, porque irá despertar-vos. Ao menos, resulta comigo. 

3) Bebe água! 
Aposto que já devem ter lido que a água dá energia, mas além disso, tem muitos outros benefícios: hidrata-vos, dá-vos uma pele mais saudável e por aí fora... 

4) Troca de roupa! 
Ou seja, tirem o pijama e vistam outra roupa, assim não terás a tendência de voltar para a cama. 


Espero que a partir de agora tenham manhãs mais produtivas. Beijinhos

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Secundário

we heart it


Hoje é o terceiro dia de aulas, mas eu estou a adorar a minha nova escola e a minha nova turma. Não há palavras para dizer o quão melhor é esta escola comparada a do básico. É tudo muito diferente e como já devem ter percebido, para melhor. Além de não haver pessoas a gozarem de ti e a te chamar nomes, há aquelas máquinas de sumo e comida, chocolates e pão integral. A papelaria é muito maior, ou seja, tem muitas mais coisas. Os professores até agora, são todos porreiros e estou a gostar das aulas e da área que escolhi. 
Falando agora da minha nova turma... é assim, no início foi um pouco estranho porque mais de metade ou quase metade da minha turma do básico veio comigo desde o segundo ano e então é uma mudança enorme, mas pelo o que eu estou a observar e pelo que está acontecendo, está turma é muito melhor. Eu tenho imensas saudades da minha turma anterior, mas a nova é muito diferente em todos os aspetos. A minha turma em dois dias conseguiu mostrar-se muito unida, até passamos um intervalo juntos, e em seis anos, eu nunca passei um intervalo com a minha turma quase toda. Além disso, são todos simpáticos, não consigo mencionar um arrogante que seja. 

Tenho uns posts em mente para falar mais profundamente sobre o Secundário. Espero que estejam interessados. Beijinhos

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Top 5 - Coisas que eu nunca fiz

Olá. No post de hoje, vou falar sobre cinco coisas que nunca fiz. 



1) Fazer skydiving - mais tarde, se um dia tiver coragem, gostava de fazer. Aposto que quem consegue fazê-lo deve adorar. Deve ser uma experiência única. 


2) Fazer uma direta - a uns anos atrás tentei duas vezes com a minha prima, mas ela adormecia e eu acabava também por adormecer lá para as quatro da manhã. Também já tentei com um amigo, mas foi pelo Facebook. Aguentei até as sete da manhã, mas depois tive de fingir que estava a dormir e acabei por adormecer e acordei às nove da manhã. Mas agora, já não tenho interesse nisso. Maioria dos meus amigos, nas férias de verão, fazem direta ou vão para a cama depois das três/quatro da manhã, mas não sei como é que conseguem. 


3)  Andar de mota - nunca andei e não pretendo andar. Só de ver uma mota a passar na rotunda ou assim, MEU DEUS... parece que vai cair no chão. Pensando bem, se eu tenho medo de andar de mota, como é que um dia vou ganhar coragem para saltar de um avião? 




4) Fazer cábulas - tenho colegas que já fizeram (até um foi apanhado), mas eu nunca fiz. Prefiro ter um três num teste e não um quatro, se não tiver sido resultado do meu esforço. Mas acho que há aqueles casos em que o aluno não está a dar conta da matéria e para não baixar a sua nota faz cábulas, até acho que é um pouco compreensível, mas enfim...


5 - Ir a um casamento - já tive dois convites para ir a um casamento, mas nunca fui. O primeiro eu devia ter uns oito ou nove anos e não fui porque eu sou da Madeira e a minha prima do Porto. A minha família que vive cá e a minha mãe (Inglaterra) compraram bilhetes de avião e foram todos e eu não fui porque tinha medo. O segundo já era cá, mas não aceitei porque não me sentia "segura" porque o meu pai não ia e a minha mãe muito menos. Mas eu acho que vou ao meu casamento (risos). 

sábado, 17 de setembro de 2016

Só uma palavra | TAG

Como já devem ter percebido pelo nome da TAG, o suposto da mesma é responder às perguntas apenas com uma palavra. Vamos lá! 



1) Onde está o seu telemóvel? 

R: Mesa


2) Seu parceiro? 

R: Inexistente 


3) Seu cabelo? 

R: Encaracolado 


we heart it


4) Sua mãe? 

R: Querida


5) Seu pai? 

R: Inteligente


6) Seu objeto preferido? 

R: Livro


7) Seu sonho da noite passada? 

R: Inexistente


8) Sua bebida predileta? 

R: Maracujá 


9) O carro dos seus sonhos? 

R: Indecisa


10) O quarto onde você está nesse momento? 

R: Meu



11) Seu medo? 

R: Perder


12) O que você deseja ser em 10 anos?

R: Rica


13) Com quem você passou a noite passada? 

R: Pai


14) O que você não é? 

R: Rica


15) O que você fez por último? 

R: YouTube


16) O que você está usando? 

R: Pijama


17) Livro predileto?

R: Romance


18) A última coisa que você comeu? 

R: Pêssego


19) Sua vida? 

R: Agitada


20) Seu humor? 

R: Bipolar


21) Seus amigos?

R: Poucos

we heart it

22) Em que você está pensando neste momento? 

R: Jantar




23) O que você está fazendo neste momento? 


R: Escrevendo


24) Seu verão? 

R: Melhor


25) O que está passando na sua TV? 

R: Desligada


26) Quando você sorriu pela última vez?

R: Hoje


27) Quando você chorou pela última vez?

R: Filme


28) Escola? 

R: Nova


29) O que você está escutando neste momento? 

R: Música


30) Atividade predileta dos finais de semana? 

R: Família


31) Profissão dos seus sonhos? 

R: Pediatra


32) Seu computador?

R: Velho


33) Do lado de fora da sua janela?

R: Flores




34) Cerveja? 


R: Insuportável


35) Comida mexicana? 

R: Desconheço


36) Inverno? 

R: Favorito


we heart it

37) Religião? 

R: Católica


38) Férias? 

R: Londres


39) Em cima da sua cama? 

R: Almofada


40) Amor? 

R: Eu  😜


P.S. - algumas perguntas estão a laranja, porque eu meto a preto e depois vou ver na publicação e continua laranja.

À Procura de... | blogue




Após uns quase três meses a influenciar a minha tia a juntar-se ao mundo da blogoesfera ela FINALMENTE criou o seu blogue a uns dias atrás. Então, toca a ir dar as boas vindas à minha tia. 

☺️

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

«The Odd Life of Timothy Green» e «Remember me» | filme

A Extraordinária Vida de Timothy Green 


Género: Fantasia e drama

Resumo: Este filme conta a história de um casal que não pode ter filhos. No dia em que descobriram isso, escreveram tudo o que gostassem que o filho deles fosse e enterraram debaixo da terra. Depois de uma tempestade aparece um menino que diz se chamar Timothy e que é filho deles. Quando o casal descobre que o menino tem folhas a crescer nos tornozelos tentam de tudo para as tirar, mas não conseguem e um dia, alguém as vê. Mas como as folhas que caem no outono, as dele também começam a cair e isso significa uma coisa (têm de ver o filme para saber). 



Opinião: Desde o início que o filme me cativou e aposto que também vos vai cativar. Tem uma história com pés e cabeça (apesar de ser de fantasia) e achei original. Pelo menos, eu, nunca vi um filme parecido a este. O que eu não estava mesmo à espera era daquele fim. Até me emocionei, mas vocês já sabem como é que eu sou. P.S. - o Timothy era tão adorável!

Classificação: 🍁🍁🍁🍁🍁 (perceberam a razão das folhas?)


Lembra-te de mim


Género: Romance e drama

Resumo: Remember Me, fala sobre duas pessoas, nomeadamente uma rapariga e um rapaz, que perderam alguém de quem gostavam imenso e conhecem-se por interesse por parte de um deles. Mas o filme não é bem sobre essa relação. É sobre a vida de cada um em separado, mas eles passam por isso juntos, mas no fim acontece uma tragédia.



Opinião: O nome do filme, chamou-me logo a atenção. Como eu gosto de filmes de género romance, eu não poderia perder este por nada. Mas ao longo do filme, a vontade de desligar a televisão era enorme, mas ainda bem que não o fiz porque aprendi uma coisa. No início do filme, eu não estava a perceber bem, porque acontece uma coisa e depois acontece outra e eu não estava a ver qual era a ligação de ambas as cenas, mas depois de ter percebido comecei a "curtir" do filme e depois comecei a gostar mesmo. 

Citação preferida: "Tudo o que fizerem na vida será insignificante. Mas é importante que o façam, visto que... mas ninguém fará." - Tyler 

(Eu já tinha partilhado convosco está citação no próprio dia em que vi o filme aqui)

Classificação: 💛💛💛💛









quinta-feira, 15 de setembro de 2016

My addiction on Musically #2

Como o primeiro post sobre o Musically teve um bom feed, decidi trazer o segundo post. Espero que não se importem. 


video


video


video


video


video


video


video













quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Bucket List c/ a minha tia

Hoje, vou partilhar convosco uma Bucket List com a minha tia que é uma das pessoas com que eu tenho algumas coisas em comum. 


*da minha autoria* 



****************************************************************


Bucket List:

1) Irmos juntas aos Açores - a uns dois/três anos atrás "combinamos" isso, mas até agora nada. 

2) Escrever um livro - ambas gostamos de ler e temos o sonho de escrever um livro. 

3) Visitar o máximo de países possíveis - acho que se a minha tia pudesse, passaria a vida a viajar e obviamente, que eu quereria ir atrás (risos).

4) Falar inglês fluentemente - a minha tia a poucos anos atrás teve aulas e chegámos a falar em inglês, não só por diversão, mas também para praticar o que aprendemos. Já eu, vou agora para o quinto ano na academia de línguas (consegui saltar um ano).


Espero que tenham gostado. Beijinhos




sábado, 10 de setembro de 2016

Quotes #1




"Tudo o que fizerem na vida será insignificante. Mas é importante que o façam, visto que... mais ninguém fará."  - Tyler, Lembra-te de mim

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

À Conquista das Cheerleaders | filme



Género: Comédia 


Resume: Fired up, é um filme onde dois rapazes que jogam futebol na sua escola, trocam o campo de futebol por um campo de cheerleaders. Mas a única razão da troca, era poder estar com trezentas raparigas. O plano inicial era abandonar o campo antes da semana final para poderem ir para a casa de um colega do futebol, mas um deles apaixona-se pela líder da sua equipa e as coisas mudam. 



Classificação: 


Opinião: Só dei três estrelas, porque é um filme bastante típico, mas é bastante engraçado. É um bom filme quando não temos nada para fazer e queremos entreter-nos com alguma coisa. 



quarta-feira, 7 de setembro de 2016

As compras de verão

Hoje, comprei algumas coisinhas que eu queria muitooooo mostrar-vos e então, eu tive a ideia de partilhar convosco tudo (mas acho que me esqueci de alguma coisa) o que eu comprei este verão. Espero que gostem! 

































O resto de uma boa semana! 



terça-feira, 6 de setembro de 2016

Quatro coisas que aprendi com a escola

we heart it



1) Não deixar para amanhã o que posso fazer hoje.
Está foi graças aos trabalhos de casa. A meio do ano letivo, comecei a fazer os trabalhos no dia em que os professores mandavam. Além de tornar a tarefa mais fácil porque em princípio demos a matéria naquele dia, pode dar-nos mais tempo no dia a seguir para estudarmos. 


2) Ignorar os comentários menos bons. 
Obrigado aos estudantes da minha escola que precisam de insultar os outros para se sentirem bem consigo mesmos. Após passar anos num ambiente em que os outros nos insultam, ou ouvimos-os a insultar pessoas indefesas, a única solução é ignorar e não remoer nos tristes comentários que ouvimos. 


3) Lidar com pessoas que não gosto / que não simpatizo.
Na vida, todos nós temos de lidar com pessoas que não gostamos, certo? E não há melhor exemplo que a escola ou o trabalho.
Quando, por exemplo, temos de fazer um trabalho de grupo às vezes ficamos com pessoas que não gostamos ou com quem temos conflitos (acho que já perceberam a ideia) e para não prejudicar o resto dos elementos, temos de saber lidar com elas.  


4) A ser um pouco perfecionista.
Quando se tratava de fazer trabalhos de grupo e assim, eu nunca tentava fazer com que tudo ficasse bonito e perfeito, não era perfecionista. Já o meu pai deve ser a pessoa mais perfecionista que eu conheço e quando se trata de forrar os manuais eu fico super fula, porque ele fica fulo porque não está tudo direitinho e ele fica lá minutos até que aquilo fique bom e irrita-me e quando eu lhe pedia ajuda para trabalhos de grupo arrependia-me, porque acabávamos sempre "chateados".
Acho que ser assim é metade defeito, metade qualidade. Porque é bom fazer algo e fazer para que fique bom e não algo banal, mas também ficar chateado por causa disso como o meu pai, não é algo que seja bom. Só sei que eu não era assim, mas acho que agora até que sou um pouco, porque além de agora fazer um esforço para que os posts sejam melhores, lá em casa quando faço qualquer coisinha noto que esforço-me para que saía bom. 


E vocês? O que é que aprenderam com a escola?