sábado, 22 de outubro de 2016

Cartas não lidas #3



Querida alentejana, 

venho um dia atrasada, mas queria te dedicar um post
Ontem, fez dois anos que eu te conheço. Ao longo destes dois anos, a nossa amizade teve um monte de altos e baixos, mas sempre desejei o teu bem. Se eu estivesse contigo daria-te o abraço mais forte do mundo, mas como não posso, espero que percebas pelas minhas palavras que estou muito grata por ter alguém como tu do meu lado. Apesar dos teus defeitos, és uma pessoa extraordinária e não quero que esqueças isso. Obrigada por apesar de tudo, ainda continuares aqui comigo. Adoro-te. Beijinhos, 

da madeirense 

8 comentários: